Sai Fast Fashion Entra Slow Fashion

julho 02, 2015

Oi gente! Tô sumidinha de novo né, eu sei :(  Bom, quem me acompanha no twitter, sabe que fiquei sem internet e eu até tentei fazer um post pelo celular mas resolvi esperar para fazer um post de qualidade pra vocês, mesmo que demorasse alguns dias a mais, mas enfim, eu voltei e aqui estou para falar de um assunto muito interessante, o suposto fim das fast fashion.

 Ocorreu que, em recentes pesquisas, constatou-se que os americanos estão gastando mais, mas comprando menos. Mais resumidamente, estão procurando por algo que valorize sua imagem pessoal e que dure mais em seu guarda-roupa. Ou seja, peças que tenham estilos mais abrangentes e qualidade superior as das atuais fast fashion ou lojas de departamento.

Com a baixa gradativa das fast fashion (moda rápida) o slow fashion vai ganhando espaço cada vez mais. Slow Fashion de acordo com o wikipédia: movimento de moda sustentável, representação unificada de todos os sustentável, eco, verde e ética movimentos de moda. Ela incentiva a educação sobre a conexão da indústria do vestuário e impacto sobre o meio ambiente e recursos esgotando, diminuição da cadeia de abastecimento para reduzir o número de tendências e épocas, para incentivar a produção, qualidade e retornar maior valor ao vestuário remover a imagem da descartabilidade da moda. Aplica-se a frase "qualidade sobre a quantidade".

Imagine quantas vezes isso já não aconteceu com você: Viu um vestido incrível na vitrine por um preço camarada, provou e levou para casa, quando abriu o guarda-roupa viu alguns vestidos que nunca usou ou que "passaram de moda" e logo você se dispõe a trocá-los de acordo com a nova tendência, presa nesse ciclo consumista? Uma frase diante disso só poderia ser mesmo ''o barato que sai caro''. Vale muito mais a pena a compra consciente. Mesmo que o produto não seja tão barato, com qualidade ele vai durar mais do que ''aquele baratinho'', assim além de ajudar seu bolso, você ajuda o meio ambiente com menos descarte e ainda estimula sua criatividade em adaptar peças a vários looks diferentes, muito bacana não? 

Com a aparente adaptação para a slow fashion, notaremos uma mudança e tanta no publico consumidor da moda, pois assim, veremos criatividade, estilo próprio e claro menos consumismo. Já por parte das empresas, será imprescindível a criatividade e produtos de qualidade na produção de sua coleção.

E você, o que acha dessa mudança?
Até a próxima, xoxo.

  Acompanhe o blog nas redes sociais: 
    

Leia também:

0 comentários.

Cadastre-se na Newsletter

e fique sempre atualizado com o conteúdo do blog!